49 anos
Natural da Roménia
Vendedor da Revista CAIS desde Abril de 2013
Zona de Venda: Laranjeiras

Iosif Dorot

Que valores o acompanham durante a vida?
Gosto muito de ajudar. Às vezes quando estou no Metro e alguém com dificuldades está a pedir ajuda eu contribuo com aquilo que posso. Deixo de ter para mim e dou ao outro. Nasci com um bom coração.

Um sabor que lhe traga boas recordações?
Cozido à portuguesa. Faz-me lembrar a família que criei cá.

Em que país gostaria de viver e porquê?
Em Inglaterra porque tem muitos edifícios antigos, com história.

Qual o seu sítio preferido na cidade de Lisboa e porquê?
Gosto muito do Rossio, de toda a arquitectura daquela zona. Tenho muitas fotografias da praça.

O que acha de Portugal?
É um país muito limpo. A Bélgica, por exemplo, é um país muito sujo.
Não no centro nem na capital mas nas periferias há muito lixo.

As suas maiores qualidades?
Sou discreto. Não falo alto nem dou nas vistas. Não me meto na vida das pessoas.

Personalidade portuguesa que admira?
O Tony Carreira.

Gosta de ler?
Pouco.

Programa televisivo de que mais gosta?
Gosto de ver os telejornais e saber o que se passa.

Sítio que tem melhor vista na cidade de Lisboa?
A zona do Cais do Sodré que tem vista para o rio.

Estação preferida do ano?
O Verão porque há muito calor e posso ir para a praia.

Apoia algum clube desportivo?
O Sporting.
E porquê?
Porque já foi treinador o Laszlo Bölöni e já jogou o MariusNiculae, que são ambos romenos.

Há algum valor que lhe tenham transmitido desde sempre e que seja muito importante para si?
Quando era pequeno, o meu pai disse-me que tinha que me dar ao respeito para ser respeitado.

2015-02-09 em Testemunhos