47 anos
Natural de Roménia
Vendedor
da Revista CAIS
desde Abril de 2011
Zona de venda
Lumiar (Lisboa)

Ioan Dorot

Um filme que o tenha marcado?
“Stefan, O Grande 1475”, um filme romeno de Mircea Dragan.

Porquê?
Porque é um filme que fala sobre a história da Roménia nos anos 30, na altura da guerra que envolvia a Moldávia.

Que tipo de música gosta de ouvir? Porquê?
Música religiosa, porque sigo a religião evangélica.

O seu maior sonho?
Gostava de arranjar um trabalho. Sempre trabalhei, mesmo na Roménia, para poder ajudar a minha família.

Qual é a razão para se chamar Ioan?
Foi o meu padrinho da igreja que sugeriu.

O seu lema de vida?
Ter uma família e cuidar dela.

Um sabor que lhe traga boas recordações?
O bolo de aniversário.

Porquê?
Ganhei o gosto quando trabalhava numa fábrica de bolos na Roménia.

Em que país gostaria de viver?
Em Portugal. É aqui que tenho a minha família.

Qual o seu sítio preferido na cidade de Lisboa e porquê?
Entrecampos. Faz-me lembrar a cidade de Arad, o sítio onde eu morava na Roménia.

As suas maiores qualidades?
Acho que sou simpático e divertido.

Os seus maiores defeitos?
Sou um bocado nervoso.

Gosta de ler?
Sim.

Que tipo de livros gosta de ler?
Livros de história e de matemática.

Desporto preferido?
Gosto de jogar basquetebol.

Sítio que tem melhor vista na cidade de Lisboa?
O Castelo de S. Jorge.

Estação preferida do ano?
O Verão, nos meses de Junho e Julho, para poder ir à praia.

Há algum valor que lhe tenham transmitido desde sempre e que seja muito importante para si?
Desde sempre que a minha família, os meus antigos professores e amigos me dizem que sou protegido por Deus.Ter esperança durante toda a minha vida.

2015-04-01 em Testemunhos