53 anos.
Natural de Almada.
Vendedor desde 2006.
Local de Venda: Almada

Manuel Soares

Um filme que o tenha marcado e porquê?

“Scarface”, com o Al Pacino. Vi-o quando entrei num processo complicado da minha vida e por isso identifico-me com este filme.

Uma música que o tenha marcado?

“Perfeito Vazio”, dos Xutos e Pontapés. Acho-a espetacular!

Qual o seu artista favorito? Porquê?

Ruy de Carvalho. É um grande ator e uma ótima pessoa.

O seu maior sonho?

É manter-me como estou. Tenho um passado pesado e neste momento as coisas estão melhores.

O que queria ser quando era pequeno?

Médico.

Qual a razão para se chamar Manuel Soares?

O meu padrinho escolheu o nome ‘Manuel’ e o ‘Soares’ é apelido de família, da parte do meu pai.

Qual o seu lema de vida?

Aceitar a realidade dos outros e a minha própria realidade, porque as diferenças existem.

Um sabor que lhe traga boas recordações?

Adoro comer um kebab.

Em que país gostaria de viver?

Inglaterra. Estive lá durante uma semana, há uns anos. Trabalha-se muito mas a qualidade de vida é superior.

Qual o seu sítio preferido na cidade de Lisboa e porquê?

Terreiro do Paço. Já passei lá momentos muito felizes.

A sua maior qualidade?

Honestidade.

O seu maior defeito?

Algum egoísmo.

Personalidade portuguesa que admira?

É fácil: a minha mãe. Tem muitos defeitos mas é minha mãe.

Gosta de ler?

Sim, gosto.

Qual o seu livro favorito? Porquê?

“Fernão Capelo Gaivota”, de Richard Bach. Já o li muitas vezes e identifico-me muito com a história.

Qual é o seu canal de televisão preferido?

O canal Hollywood.

Estação preferida do ano?

Outono. É quando as pessoas começam a acalmar, depois do verão.

Apoia algum clube desportivo?

Simpatizo com o Sporting.

Que valores lhe tenham transmitido desde sempre e que sejam muito importantes para si?

Os meus pais sempre me mostraram a importância da dignidade.

2016-06-16 em Testemunhos